segunda-feira, 10 de agosto de 2009

A situação de acidentes de trabalho na contrução.

A situação de acidentes de trabalho (AT) na Construção Civil é grave em todo o mundo e no Brasil a situação não é diferente. Em 2005 11% das mortes por AT em nosso país aconteceram no setor da construção. Se conciderar os óbitos ocorridosn em todos os setores industriais neste mesmo ano, os da Construção Civil representam 31,6%. Em 2005, foram notificados no Ministério da Previdência Social 29.228 acidentes de trabalho na construção civil, sendo que 25.180 foram acidentes típicos, 3.012 acidentes de trajeto e 1.036 doenças relacionadas ao trabalho. Desse total, 307 acidentes resultaram em mortes. Esse dado revela a taxa de Letalidade, a possibilidade que tem o trabalhador de morrer após sofer um acidente de trabalho, do setor no Brasil é 16 por 1000. Ou seja para cada 1.000 trabalhadores acidentados, aproximadamente (16) podem morrer.
Pesquisas apontam que as principais causas de AT na Construção Civil são QUEDAS de PESSOAS e MATERIAL. Alguns estudos afirmam que as QUEDAS são responsáveis por cerca de 40% de todos os acidentes, fatais e não fatais no setor. Além de quedas, duas outras causas de acidentes se destacam. São elas: acidentes com ELETRICIDADE e SOTERRAMENTOS.
(Dados obtidos do Panorama II em Segurança e Saúde do Trabalho (SST) na Industria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Videos relacionados a segurança do trabalho.

Loading...