sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Fique Ligado!!!



Classes de incêndio E e K

Atualmente temos mais 2 classes de incêndio, a "E" e a "K".
Oficialmente reconhecida pela NFPA temos as 4 antigas mais a "K", perfazendo um total de 5.

A classe "E" trata de incêndios envolvendo material radioativo.
Não por coincidência, não existe agente extintor e tampouco EPI para combater tal situação.

A classe "K" surgiu da necessidade de proteção a cozinha, principalmente industriais, onde o fogo ocorrido em óleo e gordura, era tratado como da classe "B" de incêndio.
O grande problema que geralmente tratava-se de ambiente fechado, onde havia o acúmulo do pó químico. O fogo era apagado porém, o ambiente ficava com a névoa de pó, causando certa asfixia e contaminando toda o alimento. Não só o que que estava em chamas.

Temos no Brasil a indústria de extintores Protege, fornecendo o agente que é à base de acetato de potássio, ácido lático e ácido cítrico. Trata-se de um produto químico úmido usado também na classe "A" de incêndio.
Age apenas no local incendiado, não afetando demais alimentos e muito menos provocando certa asfixia.


Ai galera TST surgiram mais duas novas classes de incêndios, não muito exploradas ainda, mas achei um pouco sobre as mesmas e resolvi colocar aqui, quem tiver mais material sobre o assunto peço que envie para um dos emails dos colaboradores e assim fazemos questão de divulgar seu nome aqui.

Grato

Amauri Matos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Videos relacionados a segurança do trabalho.

Loading...