quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Argentina ameaça fechar refinaria da Petrobras por falta de segurança.


A Petrobras foi intimada pelo governador da Província de Buenos Aires, Daniel Scioli, a apresentar até sexta-feira (26) um plano de segurança para a refinaria Ricardo Eliçabe, em Bahía Blanca, sob pena de ter as suas instalações fechadas.

A refinaria, com capacidade de processamento de 30,5 mil barris diários, foi palco de uma explosão em uma sala de descanso dos operadores, com a morte de um funcionário, no último dia 10. Um novo incêndio, controlado sem ferimentos ou danos importantes, aconteceu na semana seguinte.

"Estamos exigindo imediatamente a revisão do que tenha que ser feito na planta", disse Scioli nesta quarta-feira (24) em visita a Bahía Blanca, segundo informação do governo.

Na véspera, a autoridade ambiental do governo da Província de Buenos Aires divulgou uma nota nos seguintes termos: "Devido aos reiterados incidentes na refinaria da Petrobras na cidade de Bahía Blanca, a empresa está intimada a cessar as atividades se, em um prazo de 72 horas, não apresentar e colocar em prática um plano que contemple as ações necessárias para garantir as condições de segurança. O plano deve contemplar as medidas necessárias para garantir o bom funcionamento no que diz respeito à infraestrutura e às condições de trabalho do lugar, e deve-se realizar uma avaliação externa para proteger a integridade e a saúde de seus trabalhadores, da comunidade e do meio ambiente".

O governador de Buenos Aires é candidato à reeleição este ano.
Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa da Petrobras disse que, "com relação ao suposto prazo de 72 horas que autoridades argentinas" deram à companhia para apresentar um plano de segurança para a refinaria de Bahia Blanca, a Petrobras Argentina ainda "não recebeu qualquer notificação oficial nesse sentido".

Fonte: Globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Videos relacionados a segurança do trabalho.

Loading...